Aqui é sincero

Aqui é sincero
Sincero mesmo

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Tempo de car[roça]


Sentado na varanda comecei a reparar na mudança daquele local, não havia mais aquela carroça com suas rodas grandes parada em frente a casa, quem tomava conta do seu lugar agora era um carro vermelho de grandes faróis.
Todos permanecem na sala admirando a televisão colorida que transmite seus programas [não]educativos, o menino agora brinca com seu carrinho de controle remoto; desde quando acordei não vi ele brincar na terra nem subir na árvore que fica de frente a casa.
É, o tempo passou, tudo agora está mais dinâmico. Nem parece que a cinco anos atrás eu estava aqui, correndo só com uma bermuda para cima e para baixo atrás dos bois e embrenhando no mato para catar umbu, está tudo diferente, o passado se perdeu ou será que eu me perdi no passado?
Não adianta eu querer remontar e deixar tudo do jeito que era antes: carroças, bois, fogão à lenha, candieiro e etc. o tempo disso já passou, me resta agora é lembrar com saudade do meu tempo de criança que brincava na roça.

6 comentários:

  1. Glad's hahuauhahuahua sempre soube que vc era da roça mesmo.hahuahahuhaua
    blog ta massa. abraço

    ResponderExcluir
  2. embrenhando no mato para catar umbu, Quanta saudade disso!!!!!
    disso e da liberdade que nós tinhamos de ficar na rua ate hora que quisessemos, sem medo de assalto, ou derivados do gênero, massa gal! Beijooos

    ResponderExcluir
  3. vamos fábricar uma máquina do tempo?

    ResponderExcluir
  4. Essse texto deveria se chamar SAUDADE. =D

    ResponderExcluir